A "evolução" através da dor

15:40

 
Animais são usados constantemente como cobaias para experimentos com medicamentos, vacinas e cosméticos. Eles são criados em viveiros e geralmente são sacrificados após o estudo. Já existem inúmeros métodos que podem substituir de forma eficaz o uso de animais em experimentos e vem sendo utilizados por pesquisadores de modo frequente.
 
No final da década de 1950, pesquisadores ficaram em choque ao descobri que a utilização de bichos em pesquisas pode ser um retrocesso, um atraso na evolução científica, além de ser um grande desperdício para o poder público. Ativistas afirmam que os estudos são ineficazes e diversas drogas perigosas, mesmo tendo sido testadas, vão ao mercado. A exemplo disso temos a talidomida, um medicamento usado para diminuir os enjoos matinais que ocorrem frequentemente no início da gravidez, que provoca malformação dos membros durante a gestação. Em contra partida, os cientistas afirmam que protocolos de ética são seguidos com o intuito de assegurar o bem-estar da sociedade e diminuir o sofrimentos dos animais.
 
Recentemente foi promulgada uma lei no estado de São Paulo que proíbe testes com animais nas indústrias de cosméticos, perfumes e produtos de higiene pessoal, caso as empresas desobedeçam, estarão sujeitas a multa de cerda de R$ 1 milhão por animal usado em teste. Esse tipo de proibição já vigora em países da União Europeia, Israel e na Índia, o que gera uma política na qual o pensamento é voltado à adoção de novos meios de testar a utilização de produtos que possam afetar a saúde pública. Muitas empresas vêm abolindo o uso de testes com animais, no lugar deles já podem ser usados testes in vitro, simulações de computador e peles artificiais.
 
Desse modo, antes de dar início a experiências para testar um novo produto, todos os dados disponíveis devem ser analisados para avaliar o nível de risco que pode ser atribuído a cada individuo utilizado. Nessa etapa, tais processos podem eliminar a necessidade de teste em animais. Outra medida que poderia ser adotada é a implantação de iniciativas idealizadas com o intuito de buscar alternativas, reduzir o número de animais usados e aprimorar os métodos a fim de reduzir a dor e sofrimento dos animais.
 

Aluno: Guilherme Queroiz
Professor: Diogo Didier

LEIA TAMBÉM

0 FELICIDADES

recent posts

Comentários

Instagram