Maconha: é hora de legalizar?

17:42


Shutterstock

Por que um grupo cada vez maior de políticos e intelectuais – entre eles o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso – defende a legalização do consumo pessoal de maconha

Fumar maconha em casa e na rua deveria ser legal? Legal no sentido de lícito e aceito socialmente, como álcool e tabaco? O debate sobre a legalização do uso pessoal da maconha não é novo. Mas mudaram seus defensores. Agora, não são hippies nem pop stars. São três ex-presidentes latino-americanos, de cabelos brancos e ex-professores universitários, que encabeçam uma comissão de 17 especialistas e personalidades: o sociólogo Fernando Henrique Cardoso, do Brasil, de 77 anos, e os economistas César Gaviria, da Colômbia, de 61 anos, e Ernesto Zedillo, do México, de 57 anos. Eles propõem que a política mundial de drogas seja revista. Começando pela maconha. Fumada em cigarros, conhecidos como “baseados”, ou inalada com cachimbos ou narguilés, a maconha é um entorpecente produzido a partir das plantas da espécie Cannabis sativa, cuja substância psicoativa – aquela que, na gíria, “dá barato” – se chama cientificamente tetraidrocanabinol, ou THC.

Na Comissão Latino-Americana sobre Drogas e Democracia, reunida na semana passada no Rio de Janeiro, ninguém exalta as virtudes da erva, a não ser suas propriedades terapêuticas para uso medicinal. Os danos à saúde são reconhecidos. As conclusões da comissão seguem a lógica fria dos números e do mercado. Gastam-se bilhões de dólares por ano, mata-se, prende-se, mas o tráfico se sofistica, cria poderes paralelos e se infiltra na polícia e na política. O consumo aumenta em todas as classes sociais. Desde 1998, quando a ONU levantou sua bandeira de “um mundo livre de drogas” – hoje considerada ingenuidade ou equívoco –, mais que triplicou o consumo de maconha e cocaína na América Latina.

Em março, uma reunião ministerial na Áustria discutirá a política de combate às drogas na última década. Espera-se que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, modifique a posição conservadora histórica dos Estados Unidos. A questão racial pode influir, já que, na população carcerária americana, há seis vezes mais negros que brancos. Os EUA gastam US$ 35 bilhões por ano na repressão e, em pouco mais de 30 anos, o número de presos por envolvimento com drogas decuplicou: de 50 mil, passou a meio milhão. A cada quatro prisões no país, uma tem relação com drogas. No site da Casa Branca, Obama se dispõe a apoiar a distribuição gratuita de seringas para proteger os viciados de contaminação por aids. Alguns países já adotam essa política de “redução de danos”, mas, para os EUA, o cumprimento dessa promessa da campanha eleitoral representa uma mudança significativa.

A Colômbia, sede de cartéis do narcotráfico, foi nos últimos anos um laboratório da política de repressão. O ex-presidente Gaviria afirmou, no Rio, que seu país fez de tudo, tentou tudo, até violou direitos humanos na busca de acabar com o tráfico. Mesmo com a extradição ou o extermínio de poderosos chefões, mesmo com o investimento de US$ 6 bilhões dos Estados Unidos no Plano Colômbia, a área de cultivo de coca na região andina permanece com 200 mil hectares. “Não houve efeito no tráfico para os EUA”, diz Gaviria.

Há 200 milhões de usuários regulares de drogas no mundo. Desses, 160 milhões fumam maconha. A erva é antiga – seus registros na China datam de 2723 a.C. –, mas apenas em 1960 a ONU recomendou sua proibição em todo o mundo. O mercado global de drogas ilegais é estimado em US$ 322 bilhões. Está nas mãos de cartéis ou de quadrilhas de bandidos. Outras drogas, como o tabaco e o álcool, matam bem mais que a maconha, mas são lícitas. Seus fabricantes pagam impostos altíssimos. O comércio é regulado e controla-se a qualidade. Crescem entre estudiosos duas convicções. Primeira: fracassou a política de proibição e repressão policial às drogas. Segunda: somente a autorregulação, com base em prevenção e campanhas de saúde pública, pode reduzir o consumo de substâncias que alteram a consciência. Liderada pelos ex-presidentes, a comissão defende a descriminalização do uso pessoal da maconha em todos os países. “Temos de começar por algum lugar”, diz FHC. “A maconha, além de ser a droga menos danosa ao organismo, é a mais consumida. Seria leviano incluir drogas mais pesadas, como a cocaína, nessa proposta”.

Fotos: Torsten Blackwood/AFP, Gabriel de Paiva/Ag. O Globo e Wilton Júnior/AE
EXPERIÊNCIA
Os ex-presidentes Ernesto Zedillo, César Gaviria e Fernando Henrique (da esq. para a dir.), em encontro no Rio, na semana passada. Eles defenderam a revisão das leis contra as drogas e a descriminalização da posse de pequenas quantidades de maconha

O que pode parecer a conservadores uma tremenda ousadia não passa, na verdade, de um gesto simbólico do continente produtor de drogas, a América Latina. Um gesto com os olhos voltados para o Norte, o hemisfério consumidor por excelência. Nos Estados Unidos, ainda se encarceram usuários na maioria dos Estados, e a Europa faz vista grossa ao consumo, mas não muda sua legislação. A comissão latino-americana acha “imperativo retificar a estratégia de guerra às drogas dos últimos 30 anos”. Nosso continente continua sendo o maior exportador mundial de cocaína e maconha, mas produz cada vez mais ópio e heroína e debuta na produção de drogas sintéticas. Um maior realismo no combate às drogas, sem preconceito ou visões ideológicas, ajudaria a reduzir danos às pessoas, sociedades e instituições.

Há quem discorde dessa visão, com base em argumentos também poderosos. Com a liberação do consumo da maconha, mais gente experimentaria a droga. Isso aumentaria o número de dependentes e mais gente sofreria de psicoses, esquizofrenia e dos males associados a ela. Mais gente morreria vítima desses males. “Como a maconha faz mal para os pulmões, acarreta problemas de memória e, em alguns casos, leva à dependência, não deve ser legalizada”, afirma Elisaldo Carlini, médico psicofarmacologista que trabalha no Centro Brasileiro de Informação sobre Drogas (Cebrid). “Legalizá-la significaria torná-la disponível e sujeita a campanhas de publicidade que estimulariam seu consumo”.

Reportagem da Revista ÉPOCA

LEIA TAMBÉM

69 FELICIDADES

  1. Ah, não se deve legalizar isso não né meu lindo.
    Saudades de você viu...
    Beijos enormes em seu coração e uma noite perfeita.

    ResponderExcluir
  2. olha ser for algo controlado, acho que deveria sim, mas mesmo legalizado vai continuar tendo trafico e tudo mais

    ResponderExcluir
  3. Olá prazer Diogo e a todos os membros da equipe.

    Adorei o blog é muito interessante e tam muito assuntos que me interessam bastante.

    Estou te seguindo e sempre estarei por aqui

    Deixo o endereço do meu blog caso queira visitá-lo: http://kafeuniversitario.blogspot.com/

    Beijos

    Patrícia

    ResponderExcluir
  4. Acho que deveriam proibir o tabaco...legalizar maconha é ridículo!

    Mais drogas no nosso país! NÃO!!!

    ResponderExcluir
  5. O cigarro e o álcool já causam desgraças demais na vida das pessoas, não precisamos de mais nada. Talvez se o Brasil fosse um país organizado e com controle sobre a população...poderíamos pensar melhor.
    Agora, alguém aqui já viu o efeito que dá a maconha misturada com álcool, é arrasador, pior do que o crack.
    Já vi nego usando.

    ResponderExcluir
  6. po cara muito bom seu post..
    mais seus argumentos " contra " batem de frente quase que exclusivamente na geraçao de dependentes quimicos da maconha
    fala seriio.. aqui mesmo no brasil tem estudos de serios pesquisadores
    no uso da maconha no combate ao vicio do crack..
    se esses sao os unicos pontos negativos..

    ResponderExcluir
  7. que isso cara
    maconha e alcool é pior que o crack?
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    vc tem quantos anos mlke?
    vc ja fumo um baseado na sua viida?
    antes de vim conversar bosta procura se informaa mano.
    tem mães a procura de informações lendo esse post.
    nao plante mais preconceito na cabeça de nigueem
    o brasil ja ta cheio de mentiras a ser contadas ;)

    ResponderExcluir
  8. a proibição sempre foi inutil, até hipócrita. pelo "naipe" dos comentários anteriores ,vou encerrar por aqui escrevendo que: desde que a maconha foi trazida ao brasil, NUNCA deixou d ser fumada (aos que nunca ouviram isto, estudem. a maconha não é natural das américas e não é uma invenção dos "traficantes").
    legalizebrasil

    ResponderExcluir
  9. Vocês são alienados, saiam do pc e vão ler um livro. O país está cheio de pessoas assim, por isso não vai pra frente.
    Não fumo maconha, mas se fosse legalizada teríamos muito menos problemas.

    ResponderExcluir
  10. MUITO BOM SEU POST PARABÉNS!!!!!

    QUERIA CONVIDA-LO A DIVULGAR SEUS LINKS NO DONDRAS CLICANDO

    AQUI


    E A FAZEREM UMA VISITA CLICANDO

    AQUI


    DONDRAS.BLOGSPOT.COM

    E AUMENTE SUAS VISITAS!!!!!!!!!!

    E SIGA O DONDRA NO TWITTER

    @D0NDRAS

    ResponderExcluir
  11. MUITO BOM SEU POST PARABÉNS!!!!!

    QUERIA CONVIDA-LO A DIVULGAR SEUS LINKS NO DONDRAS CLICANDO

    AQUI


    E A FAZEREM UMA VISITA CLICANDO

    AQUI


    DONDRAS.BLOGSPOT.COM

    E AUMENTE SUAS VISITAS!!!!!!!!!!

    E SIGA O DONDRA NO TWITTER

    @D0NDRAS

    ResponderExcluir
  12. A maconha deveria ser legalizada, não industrializada! Quem quiser q plante!

    ResponderExcluir
  13. Legalizar a maconha? Pra que? Pra ficar doidão? Trabalhar que é bom ninguém quer né!

    ResponderExcluir
  14. Legalizando ou nao eu to fumando igual! intao pra q proibi?
    tem q libera e boa, quem nao gosta eh porque nunca fumou e acha q vicia igual as outras drogas. Eu fumo pelo menos 1 vez por mes pq se fuma toda hora perde a graça ;D.
    e pode se prepara pq qnd vc tive um filho no futuro vai ser lamentavel do jeito q ta indo.

    ResponderExcluir
  15. "Wilton Maxweheder disse...
    O cigarro e o álcool já causam desgraças demais na vida das pessoas, não precisamos de mais nada. Talvez se o Brasil fosse um país organizado e com controle sobre a população...poderíamos pensar melhor.
    Agora, alguém aqui já viu o efeito que dá a maconha misturada com álcool, é arrasador, pior do que o crack.
    Já vi nego usando."

    É arrazador mesmo LOL posha eu morro rindo com os coments aqui dessa gente ignorante sério mano, morro rindo mesmo, coisa ridícula!

    ResponderExcluir
  16. QUEM É CONTRA É TOTALMENTE IRRACIONAL

    VEJA:

    "As violentas disputas entre traficantes pelo mercado não terminariam?"

    Puxa não sabia que ainda tinha gente se matando para traficar alcóol. O Al capone ainda está em atividade? ¬¬
    Não esqueça que o alcoól foi traficado e proibido por longa data nos EUA, época de grande violência e corrupção. Hj as pessoas compram A DROGA, alcóol, no supermercado. Como algo q é legalizado pode ser "traficado" FILHOS DA PUTAAA??

    ResponderExcluir
  17. "Como o aumento de viciados iria aumentar o número de crimes."

    Usar qualquer droga é problema de quem usa. Uma vez que ele cometa alguma infração, algo que fira o direitos dos outros, aí sim deveria ser considerado crime.
    Da msm forma que ocorre com o alcóol.

    Drogas que tornam as pessoas violentas: alcóol, crack, cocaína.

    Maconha é uma PLANTA MEDICINAL suas propriedades: sonofiro, caumante, anti-hemético, anti-depressivo, abridor de apetite.

    Não me venham falar em balelas como "maconha causa ataque de esquizofrenia" isso até o alcóol causa, assim como o stress.

    ResponderExcluir
  18. Depois q "legalizaram" o homosexualismo com essa aprovaçao da uniao estavel, nada mais me surpreenderia... agora soh espero q nao tornem obrigatorio ser viado!!!
    Aos viados do blog felicidades e vao tomar no cu, sao meus desejos de alegria!

    ResponderExcluir
  19. Bando de safado,

    quer fumar maconha, vai pro inferno...

    ResponderExcluir
  20. O quadro comparativo é ridículo.

    ResponderExcluir
  21. Deverá ou não ser legalizada? Putz, é claro que será legalizada, nenhum governo pergunta o que a população quer sem antes fazer uma lavagenzinha cerebral. O governo está à um fio de liberar, eles só estão esperando o momento certo com um movimento em massa, é isso que o governo quer e é por isso que está acontecendo muitos debates como este ultimamente. Com o slogan "salve seus filhos das mãos dos narcotraficantes e dê-os para nós. Encheremos as cabeças deles de droguinha até certo ponto que ele não saberá ser subversivo e aceitará dançar a nossa dança pois temos controle total sobre eles agora MUAHAHAHAHA". Fuck u, fuck homossexuais, fuck droguinhas, fuck liberdade sexual! vao toma no cu tranquilo valeu?

    ResponderExcluir
  22. O foda é eu ter de ir na favela, correr riscos e lidar com nóias só pra comprar um fumo.
    Enquanto isso quem quiser pode tomar uma caninha no bar, ficar muito louco e fazer um monte de cagada.
    Por mim a maconha já deveria ser descriminalizada.
    Quanto ao crack e a cocaína, não dá pra comparar com a maconha, é uma história completamente diferente.

    ResponderExcluir
  23. Libera duma vez! Assim esses emaconhados se matam fumando e vão aos poucos livrando o mundo de sua presença inútil. Seleção natural.

    ResponderExcluir
  24. pena que no Brasil a mentalidade da maioria é tacanha!!! aqui a hipocrisia toma conta, como pode o álcool ser uma coisa legal??? a droga que mais mata e destrói familias, um mercado gigantesco que rende milhões para empresas que só pensa em ganhar em cima de alcoólatras e jovens. MACONHA é uma planta, onde jogar a semente nasce, o governo não ganharia nada com isso, por isso não é legalizada, é comprovado que o uso da MACONHA causa leves danos a saúde, quase nada... veja dados, e fumem mais maconha!!! LEGALIZE GANJAH!!!

    ResponderExcluir
  25. se matando em fumar, não fala merda rapaz me diz ai então qual o número de mortes causada pela maconha,se não sabe então não vem fala merda..

    ResponderExcluir
  26. naõ obrigado, já temos o alcool e o cigarro que são "ótimos".

    ResponderExcluir
  27. Tem que legalizar borrachada no lombo de maconheiro,isso sim.

    Bando de desocupados.

    ResponderExcluir
  28. Quanta ignorância.
    Deu até vontade de fumar pra ver se eu esqueço essa bobagens aí....


    Legalize Jah!

    ResponderExcluir
  29. Quanta ignorância.
    Deu até vontade de fumar pra ver se eu esqueço essa bobagens aí....


    Legalize Jah!

    ResponderExcluir
  30. É isso ai biruta....
    Legalize-JAH

    ResponderExcluir
  31. Marcelo, larga de ser infeliz cara.
    Antes de comentar estuda um pouco sobre o assunto.
    Affe

    ResponderExcluir
  32. Quem disse q maconha é droga?? pra mim é uma planta, droga q eu saiba é quimica, nao deveriam prender as pessoas por estar portando uma planta, e quem fuma nao vai sai por ai robar ou matar para sustentar o vicio ela nao é igual ao crack seus manes desenformados

    ResponderExcluir
  33. Legalize Já!! Maconha ñ Vicia .. maconha ñ é droga ela é natural foi deus q Fez Droga quem Faz é o Homem com essas porcarias quimicas ..

    ResponderExcluir
  34. Era só o que faltava , o país ser dominado por maconheiros. Esses comentários alienados dos maconheiros é o que dá mais nojo. Só falta dizer que fumar maconha e ser um drogado faz bem à saúde. Ê BRASIL!

    ResponderExcluir
  35. Gastar bilhões em combate ao tráfico não funciona. Então, sem hipocrisia, cada um sabe o que faz da sua vida, se o camarada acha que passar o dia dando um tapinha no bagulho vai fazer bem pra ele, então ele que se mate, não tenho nada com isso e quero mais é que tudo vá pra puta que o pariu. Sem falso moralismo.

    Se liberarmos a maconha vamos ficar livres desses marginais (traficantes) que dia após dia, a cada esquina, fazem fortuna às custa dessa política ultrapassada e que, já provado, não resolve porra nenhuma.

    ResponderExcluir
  36. Infeliz o comentario do senhor Wilton Maxweheder. O quadro comparativo, totalmente sem fundamento.

    Apesar de achar difícil, torço pela legalização, por conhecer, trabalhar, estudar e consumir a erva sem dano maior a minha pessoa.

    Mas quem quer saber de informação aqui no Brasil né???

    ResponderExcluir
  37. Fico imaginando um maconheiro roubando alguém pra sustentar o vicio, acho que seria algo assim:
    "uhhhhh ehhhh o moça ehhhh perai esqueci...... 5 mim depois... ehhhhh uhhhhhhh me passa sua bolsa ai.... (moça passa a bolsa)... uhhhh bonita ein... vamo ali fumar um comigo?"

    Ridículo pensar que a maconha vai trazer mais crimes... Olha a Holanda lá, cheia de criminosos perigosos -.- pfff leigos, idiotas e babacas!!

    Sou maconheiro? SIM SOU, também sou empresario bem sucedido, honesto, pago minhas contas e sou uma pessoa muito mais feliz e tranquila por utilizar esse maravilhoso remedio natural!
    Já utilizei de calmante "legais", receitado por medico e acredite, me deixava muito mais "xapado" e depressivo...
    A maconha me acalma, alivia a mente e me faz pensar de forma mais ampla...

    O único mau que a maconha pode trazer é o aumento de peso, devido a maldita larica =P

    Pode ferrar o pulmão? Se alguém aguentar fumar 20 cigarros de maconha igual tem gente ai que fuma cigarro me avise ok?

    ResponderExcluir
  38. Pq ninguem cita o Ricardo Teixeira, só o FHC?? AH já sei ele é do "PT".. É do mal.. Psdb eh de deus..

    Fora isso a comparação argumentos contra estão todos errados.. Não existe dependetes de maconha.. Não existe pessoas internadas por causa de maconha.. Não existe pessoas praticando crime por causa de maconha.. Pois sim, ela é barata pra caralho..

    O argurmento contra é de fato, "Não quero meus filhos chapados, da licença?"
    E o argurmento a favor é de fato, "Qual o problema deu chapar? Estou feliz com isso.."

    ResponderExcluir
  39. Sim, está na hora de legalizar, porém nunca vai ser. Essa é a triste história.

    ResponderExcluir
  40. Cara, quem fuma um baseado, nao tem nem vontade de sai robando, tem vontade sim de muda o sistema, e nao entrar de vez nele.
    Quantas pessoas ja morreram por fumar baseado??
    um cigarro de maconha faz tao mal quanto um de tabaco para os pulmoes? eh logico que nao.
    E quem diz q a maconha eh a porta de entrada para outras drogas, se pensando que quem trafica maconha trafica outras drogas pesadas, eh claro que a pessoa passa a ter convivio com outras drogas, tirando o poder da venda da maconha dos traficantes ninguem mais vai ver outros tipos de drogas.
    A verdade é que nunca vao conseguir acabar com o trafico, mas tirando a venda da maconha das maos dos traficantes, ficaria mais facil de diminuir o trafico.
    acho que so legalizasem para poder plantar em casa e fumar em casa, ja estaria bom, pois quem planta para uso proprio elimina terceiros, e cuida da qualidade do seu produto.

    Por fim acho que se tudo mundo fumase maconha uma vez na vida tudo seria melhor, e amenizaria o canibalismo financeiro que vivemos hoje em dia

    ResponderExcluir
  41. Que proíbam também o ACOOL E O TABACO! ja que também são DROGAS!

    ResponderExcluir
  42. E tem mais uma coisa, qual a primeira droga que uma pessoa experimenta? A maconha? Não!! o ACOOL!

    ResponderExcluir
  43. Meu Deus, quanta polêmica!

    Sinceramente, não imaginei que um texto da Revista Época poderia causar tantas opiniões desconcertantes dos amigos blogueiros. Na realidade, falar em legalizar ou não a maconha no Brasil é a parte mais ínfima de toda essa discussão.

    Penso que o maior entrave para essa questão está relacionado com a estrutura cultural desse país. Uma nação onde os índices de violência ligados ao consumo excessivo de dogras são noticiados com frequência pelos meios midiáticos, votar na aprovação dessa erva, sem análise aprofundada, pode ser uma catástrofe.

    Sei dos beneficios que a maconha pode trazer. Também conheço os perigos que ela pode acarretar, não pelo fato dela deixar o cara entorpecido ao ponto de cometer atos criminosos sempre, mas sim porque criou-se uma cultura que ser "maconheiro" é ser marginal, e nem sempre é assim.

    Conheço muitos pessoas influentes que usam e estão ai de bem com a vida e não são dependentes da maconha, não as usam como desculpa para praticar alguma coisa fora das normas sociais. Antes de tudo, é importante separar droga de drogado. A droga, como bem sabemos, pode ser licita ou ilicita, mas quando uma pessoa passa a ser dependente de uma dessas instâncias é porque deixou que a droga tomasse conta do seu corpo e não o inverso. Ou seja, você pode sim consumir maconha e ser uma pessoa normal, longe desses esteriótipos marginalizados.

    O problema é que no Brasil a sociedade não está preparada ainda para deferenciar os males e os beneficios que a maconha têm. No entanto, não é a minha intenção fazer qualquer tipo de apologia ao uso dessa erva. Nem tão pouco dizer se ele é benéfica ou não. Cada caso deve ser analisado com as suas particularidades para então se chegar a um denominador comum.

    Não sou usuário de drogas, mas acredito que o maior problema em legalizar a maconha não está nela, enquanto erva ou droga como muitos preferem classificá-la, mas cim numa cultura ainda despreparada para essa questão. Essa falta de preparo cultural é a principal razão pela qual temas polêmicos são discutdos com pensamentos ultrapassados ou sem fundamentação teórica.

    Seja a maconha, o aborto, a homossexualidade, ou qualquer outro tema turbulento que mexa com a opinião pública, o mais sensato ainda é tentar encontrar meios de sulucionar racionalmente a questão, sem juízos mal construídos e opiniões propagadas sem nenhuma criticidade. Aliás, ser crítico no Brasil é algo vacante, visto que as pessoas estão acostumadas a propagar e dessiminar discussos sem nenhuma ou pouca análise prévia.

    Seja feliz do seu jeito, porque SER FELIZ É SER LIVRE!

    Grato pela participação de todos!

    ResponderExcluir
  44. Em pleno século 21 e eu vejo comentário de gente falando pra proibir o álcool e o tabaco. Incrível!
    Primeiramente, são gastos milhões no combate contra o tráfico de drogas, em propagandas anti drogas e para manter as necessidades básicas de traficantes e usuários nas cadeias. Água, luz, comida, etc. tudo isso sai do seu bolso, para manter um método de repressão às drogas totalmente INEFICIENTE.
    Não sei se vocês sabem, mas não existe mais publicidade tabagista no Brasil, pq eu e você sabemos o quanto isso faz mal... Acontece que eu e você também sabemos que o consumo excessivo de álcool faz mal, e ainda sim metade dos intervalos comerciais na televisão são unica e puramente sobre cerveja, ainda por cima recheado de mulheres deslumbrantes. Se isso não é incentivo ao consumo de álcool, eu não sei o que é...

    E se a maconha fosse legalizada e todo esse dinheiro gasto com publicidade contra a maconha fosse gasto em educação? Não educação ao pé da letra, mas sim com publicidade a favor do uso correto da mesma. Apresentar os prós e os contras, deixar que as pessoas tomem suas próprias decisões antes de pegar um baseado para tragar, e não as proibir como se fossem criancinhas de 5 anos.

    Existem pessoas que consomem álcool excessivamente, por outro lado existem as que apreciam um bom vinho num jantar com a família, com os amigos, etc. e só por que uma parte dos consumidores não sabem apreciar com moderação, os que sabem tem que pagar por isso? E quanto a maconha? Não acha que deva acontecer o mesmo? De existirem pessoas que sabem consumir e pessoas que não sabem?

    Já que é assim, pq não proíbem os computadores e jogos também? Já cansei de ler notícias sobre viciados que ficaram mais de 40 horas sem dormir jogando e foram parar no hospital, mas só pq esses caras não sabe ter moderação no uso do computador, o resto do mundo que sabe tem que pagar por isso e não poder mais usar?

    Proibir nunca foi e nunca será a solução, pra nada! Proibindo ou legalizando, pessoas continuarão a consumir. Devíamos perder nosso tempo incentivando o uso correto desses produtos, e não tentar jogar a sujeira pra debaixo do tapete, pq uma hora vai começar a sair pelos lados...

    ResponderExcluir
  45. Depois de ler diversos comentarios, percebo quanto as pessoas são fechadas pro mundinho em que vivem e influenciadas por grandes mentiras,a legalização é da maconha ñ de outras dogras ,o trafico iria continuar ,mas concerteza iria diminuir muito
    e que bestera foi a de maconha com alcool é pior que crack ? so pode se doente quem disse isso, o cara no maximo que vai acontece é dormi 1 dia , tem seus males e beneficios como todas as outras drogas .
    desculpa qualquer erro de portugues ,estava com presa

    ResponderExcluir
  46. LEGALIZE JA !!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  47. Yeah! legalize it!

    ResponderExcluir
  48. claro q n tem q legalizar!!çargem de serem idiotas!eu so maconheiro e assumo isso!mas se legalizar isso vai virar uma especie de modinha e quase todos adolescentes vao fumar e vai largar os estudos(vao ficar vagabundos) e vai fuder tudo.E OVBVIO Q N TEM Q LEGALIZAR!!

    ResponderExcluir
  49. kkkk
    viciado , que viciado velho , um beckzinho nao vicia nao !
    LEGALIZE JAH _\|/_

    ResponderExcluir
  50. Legalizar o cacete!

    Como alguém pode dizer que legalizando vai acabar com o tráfico?!
    E daí, se os traficantes não venderem mais maconha, vão continuar vendendo CRACK, COCAÍNA, ECSTASY, e todo o escambau que destrói a sociedade.

    ResponderExcluir
  51. Se a maconha tem fim medicinal, excelente!
    Separem o princípio ativo, coloquem num remédio e vendam! Distribuam!
    Mas usar o argumento que tem fim medicinal pra ficar chapado e retardado, é inadmissível

    ResponderExcluir
  52. " Matheus disse:
    claro q n tem q legalizar!!çargem de serem idiotas!eu so maconheiro e assumo isso!mas se legalizar isso vai virar uma especie de modinha e quase todos adolescentes vao fumar e vai largar os estudos(vao ficar vagabundos) e vai fuder tudo.E OVBVIO Q N TEM Q LEGALIZAR!!
    "
    Exemplo do que a maconha faz com o cérebro dos usuários!

    "E OVBVIO Q N TEM Q LEGALIZAR!! "

    ResponderExcluir
  53. Como é que é?
    O dinheiro usado contra o consumo deveria ir para outros fins?
    Em que planeta esses maconheiros vivem, meu Déééus?!
    Se fosse legalizado o consumo explodiria 500%.
    O Estado quebraria de tanto ter que pagar hospital (e hospício) pros chapadões e pra vítimas de suas irresponsabilidades.
    Imagina quanto neguinho iria pro trabalho "high". Quantos iriam pra outros tipos de drogas quando a maconha não desse mais conta de chapar?

    ResponderExcluir
  54. Por favor né, não vamos comparar cigarro e alcool com maconha. "AH MAS É TUDO DROGA E FAZ MAL"

    O ar que você respira faz mal, o pastel de feira que você come faz mal, o café é uma droga e faz mal. Vamos parar de ser ignorante.

    A questão da maconha é que grande parte dos usuarios, usam pra ficar chapados, doidões, pra causa na balada. E isso infelizmente é o reflexo do povo brasileiro.

    Nós gostamos de luan santana, shopping, BBB, A fazenda. A liberação da maconha não é coisa de pais subdesenvolvido com uma sociedade tão pobre culturalmente.

    ResponderExcluir
  55. Legalizando ou não continuará aumentando o numero de usuários, visto que a maconha causa danos muitíssimos menores do que o alcool e o tabaco por exemplo. Usuários são discriminados e até tratados como bandidos, inflando ainda mais o sistema judiciário e carcerario.
    Sendo controlada sua venda afastaria o usuário do contato com traficantes, diminuindo consideravelmente o trafico e diminuindo os ganhos dos bandidos, trazendo ainda o beneficio de se usar a força policial no combate ao trafico de uma maneira mais eficaz.
    Muita gente usa maconha ao contrário do que pensam, pessoas de todas as classes e niveis culturais, aliás, em minha opinião, a erva é mais uma cultura de vida, do que a busca por experiências que camuflam a realidade.

    ResponderExcluir
  56. Eu acho que uma coisa é achar errado, não passar nem de longe pela cabeça usar....
    Outra coisa é fechar os olhos e não ver que estamos perdendo essa guerra. E não é no Brasil (que muitos dizem não ter capacidade para tratar este problema), é no mundo. No texto deste blog apareceu o exemplo dos EUA, que para muitos é um "exemplo" de como deve ser feito as coisas... e lá meio milhão de pessoas estão presas.... é o tamanho de uma cidade de médio porte no Brasil.
    Aqui a gente vê que o tráfico ajuda a armar os bandidos e que movimenta muito dinheiro. Se movimenta muita grana, isto acaba interessando as pessoas que não encontram outras oportunidades... ou acham que esta é uma oportunidade fácil para ganhar dinheiro... e lá se vão milhares de jovens!!!!

    Eu acho (e como o texto mesmo ressaltou) que não é uma questão de ser certo ou errado o uso de drogas. Eu acho é que não podemos ser hipócritas e achar que as ações que estão sendo feitas no Brasil e no resto do mundo NÃO ESTÃO DANDO CERTO.

    Quem é contra, dê uma idéia melhor então.... os paises estão gastando bilhões no combate às drogas e não estão conseguindo... o quê vcs sugerem?????

    ResponderExcluir
  57. Todos aqui são drogados, usem maconha ou não. Tem dor de cabeça e toma aspirina? É droga. Quantos usam calmantes e anti-depressivos? São viciados em drogas. Toma uma cervejinha no fim do expediente? é substancia toxica que vicia.

    Ninguém fuma maconha pra ficar ligadão ou violento, ninguém sai no transito a 200 km/h, ninguém vai ter tremedeira e abstinência ou necessidade de assaltar pra manter o vício em maconha.

    Proibir alcool e tabaco??? Meu filho, vc sabe quem foi Al Capone? O maior bandido da história dos EUA só existiu por causa da lei seca dos anos 20. Vai estudar.

    para o ignorante que falou que misturar maconha e alcool é pior que crack, bom não conheço o efeito do crack, mas o máximo que vai acontecer se fumar maconha e beber, é um sono pesado, e eventual ressaca.

    Faz 5 mil anos que a humanidade fuma seu cachimbinho da paz, proibido ou não. Ainda acha que resolve?

    ResponderExcluir
  58. Fumo maconha em media uma vez por mês, sou estudante de engenharia, tenho notas relativamente altas, trabalho, pago minhas contas... enquanto muitos de vez que ficam reclamando sobre fumar um bazeadinho, são um bando de vagabundo que não contribuem em nada para sociedade, bebo tbn e confesso que o alcoo me fode inteiro, jah a erva só relaxa

    ResponderExcluir
  59. Legalização acabar com o tráfico? Existe mercado ilegal de bebidas e cigarros, seja contrabando, descaminho, ou outras, como por exemplo, produção ilegal e quase caseira de red e black label.

    Os traficantes querem $$$$$, e tirando aqueles que conseguirão ganhar muito $$$$$ com as drogas legalizadas, o resto se não conseguir isso, partirá para meios ilegais porque quer $$$$$.

    Tanta coisa na sociedade que não se consegue erradicar, mas não é por isso que deve ser permitido.

    ResponderExcluir
  60. SE OS GOVERNOS PENSASSEM SOEMNTE EM SALVAR VIDAS, COMO ELES DIZEM, DEVERIA LEGALIZAR.
    MAS ELES SÓ PENSAM NO DINHEIRO.
    TEM TANTA GENTE VICIADA EM CIGARRO E ALCOOL POR AÍ (minha mae é uma delas)E NINGUÉM SE IMPORTA.
    LEGALIZE JÁh

    ResponderExcluir
  61. Os benefícios de liberar são muito maiores que os problemas que ela causa. Só não vê quem não quer, quem não aceita os fatos e continua com a mesma visão bitolada de mundo.

    ResponderExcluir
  62. Legaliza o kct, é hora de cria uma Pena de Morte pra USUARIOS assim esse inferno acaba... vai ver se tem neguinho fumando maconha na China, na Indonesia, nos paises arabes... NÃO TEM, porque la existem LEIS de verdade e não essa palhaçada que tem por aqui de fica passando a mão na cabeça de vagabundo!!

    ResponderExcluir
  63. tem que legalizar logo, ta demorando muito ja

    ResponderExcluir
  64. Vai morar na Indonésia então meu amigo, democracia é regida pelo povo, e legalizar a Planta não seria ruim, pois aumentaria a arrecadaçao de impostos para o governo, e fumaria quem quisesse, ninguem iria obrigá-lo a usar, ja li também artigos que defendem o uso medicinal da droga, ja passou da hora de defirir o uso da Planta, pois além do mais ela é da natureza, sem nenhuma preparacao quimica a ser feita como no crack, cocaina, LSD , OXI , methanfetamina, e MUITAS outras, e também é comprovado que a cannabis gera menos efeitos colaterais comparada ao elevado consumo de Alcool e Cigarro( Alcatrão). Vamos abrir os olhos BRASIL, tirem o dinheiro da mão dos traficantes, pois os consumidores não irão cessar sua procura, resta-nos debater sobre essa questão, omportante salientar também que países mais desenvolvidos(social/intelectual-mente) no mínimo liberaram a cannabis para uso medicinal(tratamento de doenças cronicas), não há mais motivo para repressão, o inimigo do estado é outro, não percebem? você paga imposto a quem merece? ou quem te rouba(aplico esta tese a minoria do Legislativo)

    ResponderExcluir
  65. ao desimformado anonimo de acordo com o UNODC no brasil 1% da população fuma maconha na indonesia e 1.3,no iran e 4.2
    ,no paquistão e 3.9,maconha ja e uma planta mundial cosumida em todos os paises sendo proibida ou nao.

    ResponderExcluir
  66. "Uma sociedade tabagista e alcoolatra não tem moral pra discutir a questão maconha com tanto preconceito." Tico Santacruz

    ResponderExcluir
  67. Meu deus, AUMENTO DA CRIMINALIDADE PARA SUSTENTAR VÍCIO? meu deus do céu, a maconha não causa dependencia física amigo, quem consome normalmente é uma pessoa pacífica e não violenta.. como causa drogas sintéticas como álcool, crack, cocaína.. que são estimulantes pesados que se classificam na mesma família ao contrário da maconha...e contrário ao argumento, provavelmente seria mais caro pois teria taxações em cima do produto... maconha é fibra, papel, alimento, remédio, óleos essenciais, plástico... TUDO... legalize a planta mais benéfica que esse mundo já conheceu

    ResponderExcluir
  68. Tenho mais de 40 anos, trabalho muito, 2 pós e mestrado, possuo tiques nervosos intensos e descobri que dois tragos num cigarro de maconha acalmam meu corpo e minha mente, somem meus tiques mais de 90%. Procurei sobre isso na Internet e a maconha em forma medicinal através do remedio americano Marinol serve para isso. Para os hipócritas mumificados aqui de plantao, me perdoem, mas, para mim nao é droga senão remédio, quando fumo a noite em minha casa, nao tenho vontade de sair, nao fico doidão, nao fico com vontade de matar meus familiares, sinto mais vontade de beijar minha filha e brincar com ela, percebo mais os tons musicais, percebo mais as luzes ao redor, nao perco nem um milímetro de minha consciência, bem, a maconha eu nao considero droga até porque não é necessário o processamento para seu uso assim como no caso da cocaína que se usa éter, etc.. a maconha é uma erva como a camomila o é, bem, seria possível proibir a camomila ? Os moralistas de plantao, por favor, desçam de seus pedestais morais e vão estudar o assunto seriamente.

    ResponderExcluir
  69. Vamos lá, vamos legalizar, mas e ai o que aconteceria depois?
    Darei minha opinião como policial militar.
    Com a minha experiência em rua nunca vi um viciado em maconha, vejo viciados em cocaína e crack, mas maconha? Muito difícil. E confesso que ínfimos são os casos que conduzi uma pessoa cometendo crime para poder comprar um "baseado". mas e ai vamos liberar que estará tudo beleza. Não é bem assim

    Caso o governo decida liberar o uso da maconha as indústrias iriam começar a produzir, comercializar e lucrar com as vendas, o governo iria querer a sua fatia, e assim a maconha teria sua carga tributária tão alta quanto a dos cigarros. Agora vem a questão: acha que o usuário vai deixar de subir favela ou morro, comprar mais barato, render o dinheiro só pra comprar de uma indústria e dizer que tem "consciência social"? Acho que não, irmão.

    E uma outra questão que vale a pena ser levantada: e digamos que o governo libere o uso, e manipule os preços para que seja sempre o mesmo ou mais baixo do que de maneira ilícita (veja na mão do tráfico). Os traficantes não iriam quebrar porque mais do que maconha, o tráfico se mantém também de cocaína, crack, carga roubada, pirataria, ou seja: o tráfico é auto sustentável, ele muda, se articula.

    Acho que sim, deve ser liberado o uso para FINS MEDICINAIS.
    Mas não agora, não com essa geração.

    ResponderExcluir

recent posts

Comentários

Instagram