O lixo nosso de cada dia

17:50



A humanidade desfaz-se de tudo que não lhe é necessário. Esta atitude é praticada por gerações. Contudo, apesar das mudanças ocorridas no modo de vida da população, tal situação se agravou no decorrer dos anos devido ao consumo desenfreado da humanidade. Tais práticas tem prejudicado perceptivelmente a natureza, uma vez que a produção de resíduos sólidos aumentou consideravelmente.

O lixo possui suas raízes na criação da humanidade, posto que em toda a historia é fácil acha-lo presente. Um exemplo que enfatiza a má distribuição dos resíduos foi observado em 1808 com a chegada da família real ao Brasil, na qual as ruas eram cobertas por grandes quantidades de lixo afetando a vida da população.

No entanto, estudos recentes mostram que no ano em que foi criada a politica nacional de resíduos sólidos (PNRS) em 2010, a produção e destinação final do lixo sofreram significativos retrocessos. Isto ocorre muitas vezes, pois o homem que ouve e incentiva as campanhas de prevenção é o mesmo que joga papéis de bala no chão, acreditando que tal atitude não agravará ainda mais a situação vigente.

Outro fator que contribui para o aumento da produção dos resíduos são as ditas novas tecnologias. Isto acontece devido à indústria de consumo criar objetos cada vez menos resistentes e de baixa durabilidade. Desta forma, o descarte ocorre de forma mais rápida prejudicando Deste modo o equilíbrio do ecossistema.

Logo, é observado que há muito a ser feito para resolver a problemática do lixo. Faz-se importante que o governo invista em projetos de sustentabilidade e avalie criteriosamente os indivíduos que de alguma forma esboçam atitudes maléficas contra a natureza punindo-o por tal ato. E que cada membro da sociedade como ser pensante, evidencie o senso critico para formar cidadãos conscientes na sociedade. É um processo árduo, mas fundamental para a continuidade da existência humana.  


Professor: Diogo Didier
Aluna: Maysa Kênnia

LEIA TAMBÉM

0 FELICIDADES

recent posts

Comentários

Instagram