Deuses e deusas africanas em incrível ensaio fotográfico!

17:33





Aganju: Deus dos vulcões e desertos, também pai de Xangô (em outras histórias, seu irmão).
Representação padrão -

Obaluaiyê: Deus das doenças e enfermidades.
Representação padrão -

Erinlè: Deus da saúde física e bem-estar, médico dos deuses (e segurança de buaty nas horas vagas, combinemos). No Candomblé ele corresponde a Oxóssi.
Representação padrão -

Exú: Deus das encruzilhadas, mensageiro entre humanos e divindades.
Representação padrão -

Ìbejì: Deuses da juventide e vitalidade, também conhecidos como os Gêmeos Sagrados (as moça tá tudo pedindo pr'eles serem sagrados na casa delas qu'eu seeeei) (e são normalmente relacionados aos famosos Cosme e Damião dos docin).
Representação padrão -

Obatalá: Deus da humanidade e retidão espiritual e moral, Rei do Pano Branco e segundo filho de Olorum (o criador do universo). E, na moral, deve dar um pau no Shao Kahn.
Representação padrão -

Obá: Deusa do casamento e domesticidade, esposa banida de Xangô e filha de Iemanjá.
Representação padrão -

Oxumarê: Deus da mobilidade, cobra-arco-íris (ele é uma serpente em algumas representações), guardião das crianças, lorde das coisas prolongadas e controlador do cordão umbilical (Ah, e também é considerado protetor dos LGBT!).
Representação padrão -

Ogum: Deus guerreiro do ferro, trabalho, política, sacrifício e tecnologia.
Representação padrão -

Okô: Deus da agricultura e colheita (e faz ponta de Chris Rock vez ou outra).
Representação padrão -

(pronto pra soltar um Hadouken na tua fuça) Olokun: Deus do oceano abissal, e significa "sabedoria imensurável".
Representação padrão -

Olorum: Deus e criador do Universo, também conhecido como O Senhor do Céu.
Representação padrão -

Ori: Deus da intuição espiritual e destino. Seu nome significa, literalmente, "cabeça".
Representação padrão -

Orunmilá: Deus da sabedoria, adivinhação e vidência.
Representação padrão -

Oxum: Deusa da beleza, amor, fertilidade e divindade dos rios.
Representação padrão -

Oxóssi: Deus da caça e patrulha, protetor dos acusados e de quem busca justiça (ou seja, protetor da maior parte dos filmes de ação).
Representação padrão -

Oyá: Deusa guerreira do vento, mudanças bruscas e redemoinhos. Poderosa feiticeira (pode isso, povo do RPG? Guerreira, feiticeira e elemental?).
Representação padrão -

(canto deOssanha ou Ossaim: Deus da floresta. Curador natural, guardião das ervas (tem que ter o Mago Branco na party, né, galere?)
Representação padrão -

Xangô: Deus do fogo, raio e trovão. Representa o poder e sexualidade masculinas.
Representação padrão -

Iemanjá: Deusa-mãe da humanidade, divindade do mar, filha de Obatalá e mulher de Aganju.
Representação padrão -

LEIA TAMBÉM

0 FELICIDADES

recent posts

Comentários

Instagram