Médicos fantasmas, saúde precária

11:51

 
          Ao abordarmos o tema saúde no Brasil, estamos falando em carência, e essa, está ligada não só a má infraestrutura oferecida aos hospitais públicos, mas também, na falta de médicos, sobretudo nas periferias das grandes cidades. Tamanha ausência, dessa classe trabalhadora, tem acarretado uma necessidade de se contratar médicos estrangeiros; afim de sanar as dificuldades da população e ajudar a salvar vidas.
          Falta de segurança e de equipamentos, pouca valorização e má remuneração aos profissionais da medicina são fatores responsáveis pela desassistência destes, a população das periferias. Das quais, aliados a hospitais cada vez mais virtuais, utilizam-se de equipamentos cenográficos, apenas, para fazer figurações em espetaculares inaugurações. Assim, como resposta das’’N’’ precariedades, tem-se aumentado mais e mais o número de plantões a jato e de médicos chamados fantasmas.
       Com a iniciativa de minimizar essas questões, o governo resolveu criar o programa Mais Médicos, partindo da ideia de contratar médicos estrangeiros para atender as áreas desassistidas. No entanto, é importante lembrar que contratar doutores de fora pode não ser a solução para esses problemas. Quando a questão a se tratar é a falta de investimentos.
      Segundo uma pesquisa feita pela Universidade de Campinas (UNICAMP), a saúde pública no país está doente, e o diagnóstico pode ser ainda pior. Dados mostram que para cada 1000 habitantes no Brasil, há menos de 2 médicos disponíveis. No norte e nordeste, esse número é ainda mais preocupante, menos de 1 médico para cada 1000 pessoas.
      Portanto, percebe-se que é preciso investir mais na saúde do Brasil, para, não apenas uma melhor assistência à população, mas também para que os médicos possam atender com qualidade, sobretudo, os hospitais públicos. Porque o problema não se resume apenas no local de origem dos médicos, seja de onde tenham vindo, mas sim, quem está disposto a trabalhar sob o prazo de salvar vidas, independente de sua localidade.
 Aluno: Paulo Ricardo Mendes da Silva
Professor: Diogo Didier

LEIA TAMBÉM

0 FELICIDADES

recent posts

Comentários

Instagram