07 janeiro 2014

O lado obscuro dos signos - por Edite Spiess (Psicoterapia Holística)

Deixe um comentário


Áries (o início)
Agressividade, exagero em se preocupar consigo mesmo. Mesquinhez. Acha que tem uma missão gigantesca no mundo e na própria na vida mas espera que alguém patrocine essa missão. Espera muitas vezes que os outros resolvam seus problemas. Gosta de tudo como quer e se algo é diferente fica aborrecido. Gosta também de tudo com rapidez e precisão. Em alguns momentos só pensa em si mesmo. Grosseiro.
Conselho: relaxar mais, aceitar o ponto de vista dos outros. Humildade, tolerância, não perder tão facilmente a paciência, não ser duro e não reclamar da vida.


Touro (eu tenho)
Necessidade de tudo possuir, determinação obsessiva, falta de flexibilidade, fanatismo político, religioso, familiar e/ou filosófico, dificilmente muda de idéia. Pode-se usar de pessoas sem perceber, ser oportunista. Teimosia, dá conselho sem ser solicitado. Avarento, obstinado ao excesso, comodista.
Conselho: construir com calma seus valores. Flexibilidade, tolerância. Não ser tão mimado, cuidar mais de si e usar sua força de vontade prazerosamente.


Gêmeos (eu comunico)
Fala sobre tudo o que está errado nas pessoas e no mundo, mas não coloca suas filosofias em prática. Irresponsabilidade. Acha que é perseguido, não confia nas pessoas só se entregando um pouco. Insegurança criada por si mesmo. Dispersivo, tagarela ao excesso, manipulador. Superficialidade exagerada. Vive com os nervos à flor da pele e isso pode gerar muita tensão.
Conselho: confiar mais em si e nas pessoas; encarar o mundo de forma realista. Abrir várias portas ao mesmo tempo.


Câncer (eu sinto)
Quer proteger demais a todos. Medo de se expor emocionalmente, conseqüentemente não é inteiro. Acha desculpa para tudo, tende a viver para os outros e se essas pessoas não retribuem o amor acaba se martirizando. Mima demais ou é mimado demais. Pessimismo exagerado. Dependente, melancólico, tem medo de sentir.
Conselho: agir menos negativamente, não se fazer de mártir. Sentir quem precisa e quem não precisa de proteção. Aprender a se alimentar. Construir seus valores, amar a si e conseqüentemente aos próximos.


Leão (eu brilho)
Síndrome do "Eu, o Rei", achar que é o mais generoso e mão aberta que existe e adorar que as pessoas precisem dele. É exagerado, exigente e vaidoso. Gosta de se doar muito para não ter ninguém em pé de igualdade. Em alguns momentos rouba as idéias dos outros, pois como rei tudo é dele, assim sendo é insensível quanto à individualidade alheia. Em alguns momentos acha que sabe tudo o que é melhor para os outros e principalmente acha que sabe tudo na vida.
Conselho: desenvolver sempre a criatividade e tentar eliminar seu lado amargo e ciumento. Procurar não viver rodeado de pessoas interesseiras que possam apagar seu brilho.


Virgem (eu analiso)
Obsessividade. Tortura-se interiormente, acha que sabe de tudo na vida, podendo cortar a criatividade dos próximos. Vive dizendo "Eu não disse?", mesmo quando não disse nada. Medo do novo, do desconhecido, quer controlar a vida e qualquer surpresa já tira o equilíbrio. Acha que todos ou tudo têm um preço. Crítica exagerada, queixoso, perfeccionista ao extremo. Cria preocupações sem sentido.
Conselho: Reconhecer que sempre haverá mistérios na vida, não ser tão realista, não exagerar no julgamento e na crítica, aprender a confiar, se curar e se nutrir.


Libra (nós somos)
Síndrome do "Não se aproxime muito de mim", que se mostra como uma dificuldade de permitir muita intimidade. É uma pessoa cujo desejo enorme de ser amado e receber aprovação de todos é tão intenso que relacionamentos se tornam uma competição com o objetivo de conquistar e depois rejeitar. Todos são espelhos. Às vezes em relacionamentos gostosos cria algumas brigas para movimentar. Indecisão, mau humor. Manipulador, fica em cima do muro, superficial. Tem necessidade de aprovação o tempo todo. Tendência ainda a simpatizar tanto com o sexo oposto que pode vir a ter insegurança com sua sexualidade. Acha ainda que há sempre algo errado em seu corpo.
Vem para esta vida para aprender a amar e a se relacionar de forma harmoniosa.
Conselho: procurar gostar muito de si do jeito que é e acreditar por si só que é adorável.


Escorpião (eu desejo)
Exagerado na colocação de opiniões e preocupação demasiada com seus próprios valores pessoais. Dificuldade para ter uma visão clara e justa das pessoas e situações. Em alguns momentos tem opinião fixa e preconceituosa, principalmente sobre o sexo oposto. Ciúmes e temor da solidão. Demora a confiar ou perdoar, tem uma visão amarga da vida, negatividade; em alguns momentos ignora por completo o ponto de vista alheio. Rancoroso e possessivo. Vem para esta vida para aprender a renovar e encontrar a segurança nas mudanças. Possessivo, desconfiado, vingativo.
Conselho: descobrir seu grande poder interior que muitas vezes se encontra reprimido e descobrir que pode fazer de sua vida o que quiser.


Sagitário (eu penso)
Mania de se "achar" muito importante e/ou amigo de pessoas importantes. Gostar de fazer "panelinhas". Prepotência, em alguns minutos uma tendência para contar vantagens. O fantasma por opção (principalmente religiosa). Tem um lado "promessinha". O sagitário é louco para se sobrecarregar de tarefas e promete coisas impossíveis de se cumprir. Irresponsabilidade. É grosseiro em vários momentos.
Parecem generosos mas em alguns momentos são pão-duros e se você lhe prometer algo e não cumprir ele ficará magoado. Vem para esta vida aprender a verdade da vida, mas tem medo de descobrir isso. Excessivo, fanático.
Conselho: permitir-se ser bondoso, imaginativo, engraçado, inteligente e aprendiz da vida. Permita-se ainda ser amado por si mesmo e não apenas por suas fantasias.


Capricórnio (eu realizo)
Fanatismo, necessidade de dar conselhos a respeito de tudo. Autoritarismo sem limites. É moralista e está sempre com um plano para mudar a sociedade mas não põe em prática seu plano. Só aceita a sua maneira de viver. É crítico, rígido, autoritário e às vezes inconscientemente cruel e inafetivo. Veio para este planeta para construir seu destino e colocar suas emoções para fora. Exageradamente ambicioso.
Conselho: procurar não ver a vida tão a sério e dar asas à sua imaginação. Colocar ainda suas fantasias para fora e se divertir mais.


Aquário (o grupo)
Egocentrismo, não admite que discordem dos seus pensamentos de igualdade e, no fundo, é inafetivo e caprichoso. Mania de querer mudar o mundo mas acaba não mudando sua própria vida (diz uma coisa e faz outra). Excêntrico em excesso. Tem um desejo secreto: que todos o admirem. Quer muito a igualdade no mundo mas é egoísta com as pessoas que o rodeiam. Síndrome do psicólogo, ou seja, é uma pessoa que sabe as teorias de tudo mas dificilmente resolve seus problemas. Vem para esta vida para viver em grupo e também sozinho.
Conselho: tomar consciência de si e de todos. Saber que é impossível o total egoísmo e procurar de alguma forma prática, ajudar a humanidade.


Peixes (iluminação)
Não conhece limitações, usa tudo o que é possível para alcançar experiências espirituais. Signo do não perfeito, pois deixa as coisas para amanhã. Sente necessidade de poder e em momentos da vida faz papel de vítima (o pior é que criam energeticamente pessoas que lhes prejudicam). Dificuldade de dar forma aos seus sonhos. Escapista, irrealista, medo da realidade. Inércia em momentos onde o certo seria lutar, levantar a voz, se revoltar, etc. É submisso, escapista. Desejo oculto de ser o rei/rainha do mundo. Síndrome do gênio incompreendido. Falta de realismo (um dia... quando o mundo me compreender). Vem para esta vida para realizar o impossível.
Conselho: lutar realmente pela realização de seus sonhos e colocar seus talentos e criatividade para fora.

Visto no: Somos todos um

0 FELICIDADES :

Postar um comentário

Posts Relacionados