O lado obscuro dos signos - por Edite Spiess (Psicoterapia Holística)

Áries (o início) Agressividade, exagero em se preocupar consigo mesmo. Mesquinhez. Acha qu...



Áries (o início)
Agressividade, exagero em se preocupar consigo mesmo. Mesquinhez. Acha que tem uma missão gigantesca no mundo e na própria na vida mas espera que alguém patrocine essa missão. Espera muitas vezes que os outros resolvam seus problemas. Gosta de tudo como quer e se algo é diferente fica aborrecido. Gosta também de tudo com rapidez e precisão. Em alguns momentos só pensa em si mesmo. Grosseiro.
Conselho: relaxar mais, aceitar o ponto de vista dos outros. Humildade, tolerância, não perder tão facilmente a paciência, não ser duro e não reclamar da vida.


Touro (eu tenho)
Necessidade de tudo possuir, determinação obsessiva, falta de flexibilidade, fanatismo político, religioso, familiar e/ou filosófico, dificilmente muda de idéia. Pode-se usar de pessoas sem perceber, ser oportunista. Teimosia, dá conselho sem ser solicitado. Avarento, obstinado ao excesso, comodista.
Conselho: construir com calma seus valores. Flexibilidade, tolerância. Não ser tão mimado, cuidar mais de si e usar sua força de vontade prazerosamente.


Gêmeos (eu comunico)
Fala sobre tudo o que está errado nas pessoas e no mundo, mas não coloca suas filosofias em prática. Irresponsabilidade. Acha que é perseguido, não confia nas pessoas só se entregando um pouco. Insegurança criada por si mesmo. Dispersivo, tagarela ao excesso, manipulador. Superficialidade exagerada. Vive com os nervos à flor da pele e isso pode gerar muita tensão.
Conselho: confiar mais em si e nas pessoas; encarar o mundo de forma realista. Abrir várias portas ao mesmo tempo.


Câncer (eu sinto)
Quer proteger demais a todos. Medo de se expor emocionalmente, conseqüentemente não é inteiro. Acha desculpa para tudo, tende a viver para os outros e se essas pessoas não retribuem o amor acaba se martirizando. Mima demais ou é mimado demais. Pessimismo exagerado. Dependente, melancólico, tem medo de sentir.
Conselho: agir menos negativamente, não se fazer de mártir. Sentir quem precisa e quem não precisa de proteção. Aprender a se alimentar. Construir seus valores, amar a si e conseqüentemente aos próximos.


Leão (eu brilho)
Síndrome do "Eu, o Rei", achar que é o mais generoso e mão aberta que existe e adorar que as pessoas precisem dele. É exagerado, exigente e vaidoso. Gosta de se doar muito para não ter ninguém em pé de igualdade. Em alguns momentos rouba as idéias dos outros, pois como rei tudo é dele, assim sendo é insensível quanto à individualidade alheia. Em alguns momentos acha que sabe tudo o que é melhor para os outros e principalmente acha que sabe tudo na vida.
Conselho: desenvolver sempre a criatividade e tentar eliminar seu lado amargo e ciumento. Procurar não viver rodeado de pessoas interesseiras que possam apagar seu brilho.


Virgem (eu analiso)
Obsessividade. Tortura-se interiormente, acha que sabe de tudo na vida, podendo cortar a criatividade dos próximos. Vive dizendo "Eu não disse?", mesmo quando não disse nada. Medo do novo, do desconhecido, quer controlar a vida e qualquer surpresa já tira o equilíbrio. Acha que todos ou tudo têm um preço. Crítica exagerada, queixoso, perfeccionista ao extremo. Cria preocupações sem sentido.
Conselho: Reconhecer que sempre haverá mistérios na vida, não ser tão realista, não exagerar no julgamento e na crítica, aprender a confiar, se curar e se nutrir.


Libra (nós somos)
Síndrome do "Não se aproxime muito de mim", que se mostra como uma dificuldade de permitir muita intimidade. É uma pessoa cujo desejo enorme de ser amado e receber aprovação de todos é tão intenso que relacionamentos se tornam uma competição com o objetivo de conquistar e depois rejeitar. Todos são espelhos. Às vezes em relacionamentos gostosos cria algumas brigas para movimentar. Indecisão, mau humor. Manipulador, fica em cima do muro, superficial. Tem necessidade de aprovação o tempo todo. Tendência ainda a simpatizar tanto com o sexo oposto que pode vir a ter insegurança com sua sexualidade. Acha ainda que há sempre algo errado em seu corpo.
Vem para esta vida para aprender a amar e a se relacionar de forma harmoniosa.
Conselho: procurar gostar muito de si do jeito que é e acreditar por si só que é adorável.


Escorpião (eu desejo)
Exagerado na colocação de opiniões e preocupação demasiada com seus próprios valores pessoais. Dificuldade para ter uma visão clara e justa das pessoas e situações. Em alguns momentos tem opinião fixa e preconceituosa, principalmente sobre o sexo oposto. Ciúmes e temor da solidão. Demora a confiar ou perdoar, tem uma visão amarga da vida, negatividade; em alguns momentos ignora por completo o ponto de vista alheio. Rancoroso e possessivo. Vem para esta vida para aprender a renovar e encontrar a segurança nas mudanças. Possessivo, desconfiado, vingativo.
Conselho: descobrir seu grande poder interior que muitas vezes se encontra reprimido e descobrir que pode fazer de sua vida o que quiser.


Sagitário (eu penso)
Mania de se "achar" muito importante e/ou amigo de pessoas importantes. Gostar de fazer "panelinhas". Prepotência, em alguns minutos uma tendência para contar vantagens. O fantasma por opção (principalmente religiosa). Tem um lado "promessinha". O sagitário é louco para se sobrecarregar de tarefas e promete coisas impossíveis de se cumprir. Irresponsabilidade. É grosseiro em vários momentos.
Parecem generosos mas em alguns momentos são pão-duros e se você lhe prometer algo e não cumprir ele ficará magoado. Vem para esta vida aprender a verdade da vida, mas tem medo de descobrir isso. Excessivo, fanático.
Conselho: permitir-se ser bondoso, imaginativo, engraçado, inteligente e aprendiz da vida. Permita-se ainda ser amado por si mesmo e não apenas por suas fantasias.


Capricórnio (eu realizo)
Fanatismo, necessidade de dar conselhos a respeito de tudo. Autoritarismo sem limites. É moralista e está sempre com um plano para mudar a sociedade mas não põe em prática seu plano. Só aceita a sua maneira de viver. É crítico, rígido, autoritário e às vezes inconscientemente cruel e inafetivo. Veio para este planeta para construir seu destino e colocar suas emoções para fora. Exageradamente ambicioso.
Conselho: procurar não ver a vida tão a sério e dar asas à sua imaginação. Colocar ainda suas fantasias para fora e se divertir mais.


Aquário (o grupo)
Egocentrismo, não admite que discordem dos seus pensamentos de igualdade e, no fundo, é inafetivo e caprichoso. Mania de querer mudar o mundo mas acaba não mudando sua própria vida (diz uma coisa e faz outra). Excêntrico em excesso. Tem um desejo secreto: que todos o admirem. Quer muito a igualdade no mundo mas é egoísta com as pessoas que o rodeiam. Síndrome do psicólogo, ou seja, é uma pessoa que sabe as teorias de tudo mas dificilmente resolve seus problemas. Vem para esta vida para viver em grupo e também sozinho.
Conselho: tomar consciência de si e de todos. Saber que é impossível o total egoísmo e procurar de alguma forma prática, ajudar a humanidade.


Peixes (iluminação)
Não conhece limitações, usa tudo o que é possível para alcançar experiências espirituais. Signo do não perfeito, pois deixa as coisas para amanhã. Sente necessidade de poder e em momentos da vida faz papel de vítima (o pior é que criam energeticamente pessoas que lhes prejudicam). Dificuldade de dar forma aos seus sonhos. Escapista, irrealista, medo da realidade. Inércia em momentos onde o certo seria lutar, levantar a voz, se revoltar, etc. É submisso, escapista. Desejo oculto de ser o rei/rainha do mundo. Síndrome do gênio incompreendido. Falta de realismo (um dia... quando o mundo me compreender). Vem para esta vida para realizar o impossível.
Conselho: lutar realmente pela realização de seus sonhos e colocar seus talentos e criatividade para fora.

Visto no: Somos todos um

Leia Também

0 FELICIDADES