Ser Feliz e Ser Livre

16:02


Por: Cátia Bazzan

Todos os seres humanos antes de nascer neste mundo são livres, não conhecem nada, não sabem de nada conscientemente e estão à mercê de tudo que os rodeia.

Quando nascem, já são "arrancados" da barriga da mãe, pois hoje em dia os partos não são mais naturais, o que não dá tempo do bebê se preparar "energeticamente" para o seu nascimento. Terapeutas de Renascimento acreditam e constatam nas suas terapias que a criança que nasce de cesariana tem muitos problemas posteriormente nas suas vidas, em função de não fazer esforço algum para nascer e de não estarem se preparando para esse momento.

Depois, recebem um nome e encontram as primeiras pessoas que serão de sua convivência. Os familiares que já vinham criando uma grande expectativa da imagem e da personalidade da criança esperam ansiosamente pela sua chegada.

Mesmo nascendo livres, estão cheios de rótulos. São induzidos a serem ?alguém?, pois mesmo sem querer é isso que a família faz com eles. Na verdade, a família é o laço mais próximo, mas não é a culpada pelas dificuldades que o ser humano tem em ser desapegado ou livre!

Quando crescem existe uma forte autocobrança, que muitas vezes é imposta pela própria sociedade, baseada em ilusórios padrões de perfeição. O melhor corpo, a melhor roupa, o melhor carro, nem sempre são receitas ideais para a felicidade, contudo a pessoa é levada a acreditar que essas são as fórmulas para felicidade e liberdade. Ledo engano!

Você já parou para pensar que precisamos (dependemos) de algo e de alguém para tudo hoje em dia?

Não sobrevivemos sem dinheiro, dependemos dele para conquistarmos os bens materiais e para podermos ter uma boa condição de vida; dependemos das pessoas que geram os serviços para que possamos consumir alguma coisa, enfim, dependemos "de alguém para alguma coisa sempre!"

É difícil ser e se tornar livre, porque sempre estabelecemos laços apego pelas pessoas e pelas coisas que se conquista.

E você, já parou para pensar que quando nascemos ou morremos, não levamos conosco nada material?

Então porque todos nós somos tão apegados?

Porque somos levados a ser e estar nessas condições pela forma que aprendemos aqui nas experiências e na vida que levamos, não é?

Então proponho a você que sente-se confortavelmente em algum lugar onde não será interrompido(a), de preferência em contato com a natureza. Respire profundamente, inspirando todo o ar que conseguir. Depois expire.

Repita essa prática cinco vezes. Essa respiração vai gerar um estado de leveza e calma mental, então sinta, mas de verdade, que você se é livre, solto e que não depende de nada nem de ninguém para ser feliz. Que consegue se sentir bem, apenas sentindo liberdade.

Afinal de contas, a real conquista é aquela que nos ajuda a sermos livres e independentes.

Pense na sua vida e lembre-se das suas grandes conquistas! Perceba que foram aquelas que dependiam única e exclusivamente de você.

Por: Cátia Bazzan
catia@luzdaserra.com.br

LEIA TAMBÉM

1 FELICIDADES

recent posts

Comentários

Instagram