As Imagens Dizem Tudo XIII

11:44









LEIA TAMBÉM

6 FELICIDADES

  1. Fechou!! Bento XVI com cara de Dona Benta ficou dark, os catolicos vão achar que isso é heresia!!!

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkk...a intenção foi essa mesmo!

    ResponderExcluir
  3. Ok Ricardo!

    Primeiramente quero lhe dizer que não tenho hábito de ler apenas comentários elogiosos. Leio TODOS os comentários postados aqui no meu blog, sejam eles positivos ou negativos, pois acredito na força da opinião pública personificada em forma de palavras.

    Segundo, com relação ao post, concordo em partes que ele é uma tanto quanto agressivo. Entretanto, não devemos desconsiderar o contexto por traz desse evento. O Papa, bem como o Catolicismo, tem impedido que os homossexuais consigam alguns direitos garantidos ao ser humano, como constituir familia. A influência dessa instituição ainda é muto forte, sobretudo em países de tradições católicas como o nosso. Não só os gays, mais as mulheres, com relação ao aborto, e outros temas polêmicos como a eutanasia, tem a sua tramitação freada por causa da visão obsoleta de moral da Igreja Católica.

    Agora, com relação a garantir direitos aos homossexuais, lhe farei um breve paralelo. As mulheres, para conseguirem seu espaço de direito, passaram anos e anos à revelia da sociedade, sendo esteriotipadas de sexo frágio e inferiorizadas pela ala masculina, concorda? Os negros também viveram durante décadas a mesma marginalização e ainda hoje, mesmo após a abolição, vivem numa pseudoescravidão, pois, como se sabe, ainda há muito preconceito contra esse grupo. Todos eles de alguma forma tiveram alguma lei especifica que os libertassem da cláusura em que viviam, garantindo que a execução da igualdade fosse efetivada. Enquanto a nós, homossexuais, não temos o mesmo direito?

    Você citou dos incisos da constituiçãobem bastante relevantes, concordo! Mas, na prática, eu e você sabemos que isso não acontece. Prova disso são os casos na Av. Paulista na qual os acusados ainda não foram punidos e se forem terão pena mínima. Outro exemplo é a Lei Maria da Penha, que foi criada depois que uma mulher ficou paraplégica, e ai?

    Teremos que aguardar um massacre contra a comunidade gay para que os nossos direitos sejam assegurados? Não queremos privilégios, como você bem falou. Queremos que o Estado garanta critérios de segurança que possam nos proteger de possiveis atos agressivos/homofóbicos, de uma sociedade que prefere bater a entender o outro.

    Se as nossas leis fossem operantes eu concordaria plenamente com o seu argumento. Porém a realidade é outra, não só contra os gays, mas contra todas as "minorias" segregadas do meio social.

    Mesmo assim, agradeço pela visita e pelo rico comentário. É de debates dessa magnitude que precisamos para descortinar a visão ainda limitada sobre a homossexualidade.

    Bjoxxxxxxxxxxx e volte sempre!

    ResponderExcluir
  4. Diogo,

    Eu não simplesmente citei incisos da constituição, eu dei ideias de propostas para ALTERAR incisos do artigo 5o da constituição para incluir os direitos dos homossexuais quanto à inviolabilidade de direito por motivo de crença ou convicção (VIII) e incluir a sexualidade junto ao racismo como crimes de preconceito (XLII).

    A alteração da constituição não aumentaria o respeito às leis, isto é óbvio, mas pelo menos daria uma mínima margem de segurança ao cidadão.

    A violência contra os gays é reflexo da cultura violenta e intolerante que os brasileiros alimentam sem se darem conta disto (isto porque somos arrogantes e achamos que somos os super-tolerantes do continente, os bacanas das américas, os felizes do mundo, o supra-sumo do universo).

    Quanto à agressividade dos movimentos contra o Papa, acho que não é com mais agressividade que se vai mudar qualquer coisa. É como Israel e Palestina: ao invés de buscar um acordo ou de um ajudar ao outro, ambos preferem se atacar e se acusarem mutuamente.

    Por que não incentivar campanhas de doação de alimentos ou brinquedos durante as tantas Paradas Gays que existem por aí? Isso calaria a boca de muita gente... Acredito que a melhor defesa não é o ataque: é agir com calma e de modo preventivo para nem mesmo haja necessidade de se defender.

    Por fim, divido com você minha grande dúvida: se há tanto preconceito contra negros, mulheres e homossexuais, por que diabos ninguém xinga na rua o Pelé ou o Will Smith? Por que ninguém menospreza Fernanda Montenegro ou Angelina Jolie? Por que ninguém ataca com lâmpadas fluorescentes o Agnaldo Silva ou a Jodie Foster? O que leva pessoas que cultivam tantos preconceitos a respeitarem algumas pessoas e não outras? Minha teoria é que no fundo, no fundo, só existe preconceito mesmo é contra gente "comum", contra quem NÃO É famoso, rico ou poderoso... E viva a hipocrisia!

    Abraço,
    Ricardo

    ResponderExcluir
  5. Concordo com muita coisa que você disse, mesmo tendo ideologias diferentes.

    Ah! A propósito, por que você apagou o comentário anterior? NÃO ENTENDI?????!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Não apaguei meu comentário, não, Diogo. Comentei como "Nome/URL", então acho que nem tinha como eu apagar...

    Sobre "ideologia", eu acho que são apenas caminhos diferentes para um mesmo lugar. Acredito que todas as pessoas que trilham um caminho com o coração honesto e um objetivo nobre sempre se encontram mais cedo ou mais tarde em um mesmo lugar. Alguns chamam este lugar de Grande Sabedoria. Eu não sou chegado a estardalhaço e chamo apenas de bom-senso.

    Continue com o bom trabalho! Se você me permitisse um conselho, eu diria para olhar mais para a floresta ao invés de focar em uma só árvore. O problema da humanidade É O PRÓPRIO SER HUMANO, independente de ser homo, bi ou heterosexual; ou negro ou branco; ou homem ou mulher; ou rico ou pobre... Sexualidade não é mão, não tem como socar ninguém; cor da pele não é boca para humilhar; dinheiro não tem olhos para ter preferências; Mercado não tem cabeça para decidir se um é melhor ou pior que o outro... Quem faz essas coisas todas são pessoas de carne e osso!!!

    Abraço,
    Ricardo

    ResponderExcluir

recent posts

Comentários

Instagram