O dilema do negro no Brasil

14:20


         Violência, pobreza e exclusão fazem parte do contexto em que vive a maioria dos negros no Brasil. Este fato vem ocorrendo ao longo da história do país em decorrência dos tempos de escravidão, quando os afrodescendentes eram considerados seres inferiores comparados ao homem branco. Lamentavelmente, é um dilema que parece não ter fim, já que está entranhado na memória da nação.
         À medida que o Brasil foi se firmando enquanto país, muitos eventos ocorreram e alguns progressos foram conquistados em meio à sociedade. Na atualidade, por exemplo, um dos fatos que mais geram uma ideia de vantagem no que diz respeito à convivência social é o alto índice de miscigenação que o lugar apresenta. Nem sempre foi assim, mas este cenário é um dos itens que mais atraem a atenção de outros países do mundo para a mistura do povo brasileiro.
        Entretanto, mesmo sendo uma nação altamente miscigenada, questões como o racismo insistem em permanecer na sociedade. A tendência, por parte dos cidadãos, é associar os negros a criminosos, bandidos ou pobres, isto é, a pessoas de níveis sociais baixos ou negativos. Em contrapartida, aqueles que apresentam pele clara são geralmente associados a indivíduos inseridos em camadas sociais mais altas. E o pior é que esta relação, para a grande maioria dos habitantes, faz sentido.
        Várias pesquisas comprovam que o brasileiro é um ser racista, mas, na verdade, não é necessário tê-las para constatar a existência dessa problemática. Grande parte da população reconhece que o racismo realmente existe, porém, poucos assumem cometer atitudes de discriminação racial. Mas, é comum na mente dos brasileiros, simplesmente pela cor da pele, identificar a posição social, o contexto familiar ou a profissão de alguém, como se esta associação tivesse algum fundamento.
       Durante muitos anos, o negro foi tratado como um ser inferior no Brasil, e este é um fato que está enraizado na história da nação, o qual perdura de forma direta ou indireta até a atualidade. Por esta razão, é preciso um mudança no contexto social do país, e para isso, se faz necessária a aplicação de leis que repudiem qualquer demonstração racista. Aliado a isso, deve haver também uma transformação de pensamento individual, o que não acontecerá de ontem para hoje.

Aluna: Larissa Ferreira 
Professor: Diogo Didier

LEIA TAMBÉM

0 FELICIDADES

recent posts

Comentários

Instagram