“herrar é umano?”

11:15



Título: A desigualdade desestrutural
       
       A linguagem oral e escrita foi elaborada pelas primeiras civilizações com o intuito de se expressarem e de se organizarem. Com passar do tempo, foram sendo aprimoradas e sofreram uma série de modificações devido a aspectos sociais e culturais. Mas, hoje regras são impostas naquela que é instrumento de comunicação entre letrados e não letrados, dificultando a compreensão entre eles.

       Sabemos que a língua é uma essência humana, a qual se adapta a um determinado lugar. Assim, acaba predominando muitas vezes, na escrita, os costumes e os dizeres, fato que para a gramática é um erro. Porém, deve-se levar em conta que há compreensão mesmo sem o uso das regras gramaticais.

       Além disso, muitas regras que são impostas, desfavorecem uma certa parte da sociedade. No caso da classe que predomina em termos de quantidade, a pobre, que é preparada em locais com um grande déficit no setor educacional e sem uma infraestrutura adequada, é a mais prejudicada por estar às margens do conhecimento.

       Contudo, existe uma espécie de manipulação imposta que permanece restrita. Logo, quanto maior o número de pessoas sem o conhecimento, menor o número de pessoas no poder, na elite. Com isso, a educação se mostra como um objeto manipulado, prejudicando a alguns e favorecendo a outros.

       Portanto, deve haver conscientização por parte das pessoas que impõem essas regras, sabendo que para impô-las é preciso preparação. Com isso a sociedade poderia ser modificada e planejada de uma forma melhor e sem desfavorecimento algum e dessa maneira poderiam ser cobradas tais regras.

Aluno: Alisson Ulisses Dos Santos Silva
Prof: Diogo Didier 

LEIA TAMBÉM

0 FELICIDADES

recent posts

Comentários

Instagram