Coração Ateu II

20:04

Esse coração ateu
Não é meu
Nem é teu
Está morrendo
Sangrando paulatinamente de dor
Clamando por socorro
Ecoando palavras de desespero
Sinto que uma força mórbida está destruindo-o
Um aurea carente de amor
Alguém desiludido
Desamparado
Desesperado
Mas quem?
Minhas sensações estão confusas
Sinto mas não vejo ninguém
Nem ao menos sei se é realmente uma pessoa
Então o que é?
Que mão é essa que feri as entranhas do meu coração?
De quem são essas unhas impregnadas de amargura?
Essas questões me consumem
Me deixam fora de mim
Tiram-me da órbita do raciocínio.
Furtam-me o sono
Ceifam os meus sentidos
Ainda não sei quem ou o que é
Mas algo está tentando me controlar
Governar o meu coração
Nesse instante ele continua a sangrar
O coração ateu
Que não é meu
Nem é teu
Mas está sendo usado
Por quem?
Pelo o quê?

Continua...

LEIA TAMBÉM

2 FELICIDADES

  1. Pow velho, "o coração Ateu" esse texto ta massa, mas é um pouco confuso quando fala de sentimentos de um coração que não se sente por não ser de ninguem, mas sendo. Massa! Não tão dramatico nem radical, mas ta massa!

    ResponderExcluir
  2. Porque as igrejas não pagam imposto.

    Como pode algumas igrejas mais privilegiadas, as quais arrecadam tanto dinheiro quanto as empresas multinacionais não pagar imposto.
    A explicação é que para o governo, é interessante manter estas instituições isentas, pois elas são um grande sustentáculo que mantém o povo paciente e esperançoso em deliciar-se em uma vida futura, embora ninguém tenha certeza que exista tal vida após a morte.
    No congresso nacional, quando algum deputado apresenta um projeto sobre cobrança de imposto para as igrejas, imediatamente a bancada evangélica se levanta e impede a aprovação de tal projeto. Isso é muito engraçado para não dizer vergonhoso, pois nas igrejas eles não abrem mão do dizimo, mas quando são convocados a pagarem pelo menos uma parcela da sua grande arrecadação em forma de impostos para o governo, ai eles negam e esperneiam. Eles agem com dois pesos e duas medidas, seus seguidores não podem deixar de pagar o dizimo, mesmo sendo um velhinho aposentado e doente, ou alguém que ganha apenas o vergonhoso salário mínimo, mas eles se negam a contribuir mesmo arrecadando grandes fortunas.
    Para os que não sabem, as escolas particulares no Brasil são obrigadas a pagar altos impostos. Pergunto, qual é mais importante na nossa vida em sociedade, são as igrejas ou as escolas. Penso que nas escolas é onde buscamos conhecimentos, os quais serão utilizados por toda nossa vida, sem isso estaríamos mergulhados na mais profunda ignorância.
    Será que só preparo religioso levaria alguém a progredir na vida? Será que uma pessoa em sã consciência arriscaria não procurar nenhuma escola e freqüentaria somente a sua congregação para adquirir conhecimentos?
    Nós podemos viver bem sem sermos religiosos, mas não podemos viver bem sem o ensino. As pessoas sem religião, as quais somente procuram as escolas, conseguem levar uma vida normal, desde que sejam honestas e trabalhadoras. Essa é uma prova de que as escolas são mais importantes que as igrejas. Diante deste quadro, podemos perguntar, porque as igrejas não pagam impostos e as escolas pagam?

    Paulo Luiz Mendonça.

    ResponderExcluir

recent posts

Comentários

Instagram