De perto ninguém é perfeito

16:22


                                   De perto ninguém é perfeito

         Em um mundo onde valoriza-se mais o que o próximo tem a oferecer  em vez de quem ele é, a aparência ganhou papel fundamental no dia a dia. A sociedade vive hoje a cultura da beleza. Quem não possui o corpo padrão é excluído e ridicularizado de forma direta ou indiretamente pela população. Essa vontade de ser perfeito vem moldando a sociedade de maneira maléfica.

            O modelo de corpo ideal sempre existiu na massa populacional. Na Grécia
Antiga, as mulheres mais formosas eram aquelas volumosas, pois transmitiam saúde e fertilidade. Durante as décadas de 40 e 50, atrizes como Marilyn Monroe eram exemplo de um corpo gracioso. Foi na década de 60, com o surgimento da modelo Twiggy,que a magreza passou a ser considerada padrão de beleza.

 Segundo o filósofo Gilles Lipovetsky, a magreza foi uma maneira das mulheres se libertarem daquela imposição de fertilidade que o século passado estabelecia. Hoje, homens estão tão vaidosos quanto elas. Academias, casas de depilação deixaram de ser coisas para mulheres. Então, a sociedade inteira aderiu ao estilo de vida que sempre está a procura da perfeição.

 Assim, muitas pessoas recorrem a cirurgias e plásticas a fim de acabar com alguma imperfeição na pele. Porém, esse é um caminho perigoso a se seguir, além dos riscos do resultado não ser como o esperado, há casos de pessoas que acabam se viciando em tais métodos. Como o caso do cantor Michael Jackson que faleceu totalmente diferente de como era na infância.

Portanto, o culto ao belo, é uma maneira de viver totalmente sufocante e fracassada. Deixar de se divertir, de comer algo que gosta e se deixar dominar por um padrão inexistente fisicamente é privar-se dos verdadeiros prazeres da vida. Afinal, como disse Saint-Exupéry em O Pequeno Príncipe: ''Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.''

Aluna: Marahma
Professor: Diogo Didier

LEIA TAMBÉM

3 FELICIDADES

  1. Que redação linda!

    ResponderExcluir
  2. Ela destruiu nessa redação. Escreve super bem, ótimos argumentos, perfeita.

    ResponderExcluir
  3. A redação está muito boa. Exceto a afirmação do padrão de beleza da mulher grega, que na verdade era o oposto. Os grego sempre prestaram culto a beleza exterior. Os jovens do sexo masculino e feminino costumavam praticar exercícios físicos com fins estéticos, além da preparação para as competições esportivas e militar. A beleza era física para eles era tão importante, que a harmonia e equilibro do corpo se expressava na arte(esculturas) e na religião, onde eles adoravam ao deus Apolo intitulado de deus da beleza. Apesar disto o texto está ótimo, parabéns a aluna que o redigiu.

    ResponderExcluir

recent posts

Comentários

Instagram