Pedido de Demissão

19:06


Homenagem do Blog: SHAPPARU

Venho por meio desta, apresentar oficialmente meu pedido de demissão da categoria dos adultos. Resolvi que quero voltar a ter as responsabilidades e as idéias de uma criança de oito anos no máximo.

Quero acreditar que o mundo é justo e que todas as pessoas são honestas e boas. Quero acreditar que tudo é possível. Quero que as complexidades da vida passem desapercebidas por mim e quero ficar encantada com as pequenas maravilhas deste mundo.

Quero de volta uma vida simples e sem complicações. Cansei dos dias cheios de computadores que falham, montanha de papeladas, notícias deprimentes, contas a pagar, fofocas, doenças e necessidade de atribuir um valor monetário a tudo o que existe.

Não quero mais ter que inventar jeitos para fazer o dinheiro chegar até o dia do próximo pagamento. Não quero mais ser obrigada a dizer adeus a pessoas queridas e, com elas, a uma parte da minha vida.

Quero ter a certeza de que Deus está no céu, e de que por isso, tudo está direitinho nesse mundo. Quero viajar ao redor do mundo no barquinho de papel que vou navegar numa poça deixada pela chuva. Quero jogar pedrinhas na água e ter tempo para olhar as ondas que elas formam. Quero achar que as moedas de chocolate são melhores do que as de verdade, porque podemos comê-las e ficar com a cara toda lambuzada.


Quero ficar feliz quando amadurecer o primeiro caju, a primeira manga ou quando a jabuticabeira ficar pretinha de frutas. Quero poder passar as tardes de verão à sombra de uma árvore, construindo castelos no ar e dividindo-os com meus amigos. Quero voltar a achar que chicletes e picolés são as melhores coisas da vida.

Quero que as maiores competições em que eu tenha de entrar sejam um jogo de bola de gude ou uma pelada. Quero voltar ao tempo em que tudo o que eu sabia era o nome das cores, a tabuada, as cantigas de roda, a "Batatinha quando nasce..." e a "Ave Maria" e que isso não me incomodava nadinha, porque eu não tinha a menor idéia de quantas coisas eu ainda não sabia.

Quero voltar ao tempo em que se é feliz, simplesmente porque se vive na bendita ignorância da existência de coisas que podem nos preocupar ou aborrecer. Quero acreditar no poder dos sorrisos, dos abraços, dos agrados, das palavras gentis, da verdade, da justiça, da paz, dos sonhos, da imaginação, dos castelos no ar e na areia.


Quero estar convencida de que tudo isso... vale muito mais do que o dinheiro! A partir de hoje, isso é com vocês, porque eu estou me demitindo da vida de adulto.

Agora, se você quiser discutir a questão, vai ter de me pegar... PORQUE O PEGADOR ESTÁ COMVOCÊ!!! E para sair do pegador, só tem um jeito: Demita-se você também dessa sua vida chata de adulto, . NÃO TENHA MEDO DE SER FELIZ!!!


Meru Sâmi agredeço de coração por essa linda homenagem, viu?! Que Deus continue a iluminar esse teu caminho. bjoxxxxxxxxxxxx no coração.


"OFEREÇO ESSE POST A TODAS AS PESSOAS QUE GOSTAM DESSE ESPAÇO E QUE, MESMO DISTANTES, SE FAZEM PRESENTES ATRAVÉS DOS LINDOS E SINCEROS COMENTÁRIOS".

LEIA TAMBÉM

20 FELICIDADES

  1. Olá Diogo
    Adorei o texto, como seria bom se pudéssemos voltar no tempo. Foi realmente um presente.
    Obrigado
    Bjux

    ResponderExcluir
  2. Eita que eu adorei esse presenteee e acabo de me demitir como adulta tambem e quero que feche os olhos, respire fundo e em nosso mundo de faz de conta, receba o meu abraço, meu beijo e o meu amor através do vento...beijossssss miguinho lindo e obrigada pelo carinho.

    ResponderExcluir
  3. Adorei o presente.
    Putz,sempre q minha irma estamos juntos,falamos da nossa infancia e dá aquela saudadezona.
    Obrigado,hein.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Para que ser adulto se a vida se torna tão chata e complicada?? rsrsr.... Eu vou ser pra sempre uma grande criança! Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Que texto bacana, gostei muito...
    Muito obrigado...
    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  6. Bem hajas pelo lindo presente!

    Não custa ser criança... basta sonhar e viver no sonho.
    Eu vivo em dois mundos; um de humanos e outro de dragões. Mas são os meus dragões que me ajudam a suportar o mundo dos humanos.

    Grande beijo

    e Feliz dia dos namorados!

    ResponderExcluir
  7. Que lindo presente meu querido!Amei!
    Também me demito do mundo de adultos. Estou cheia de responsabilidades e compromissos, quero viver,sem ter compromisso ou responsabilidade nenhuma
    Será possivel?
    Sim será possivel se eu fechar os olhos e imaginar-me uma criança

    Psiu! Não me cutuque, estou imaginando......

    Amei , beijos, ótima semana a vc.
    hein fique tranquilo entedno sua ausência, mas mesmo assim de vez enquanto vá me visitar hein? Nem que seja para dizer um olá no blog Literatura.

    ResponderExcluir
  8. Amigo amado, que lindo e doce esse texto... É com essa fantasia que me visto quando as tristezas são muitas... É nessa fantasia que faço rasantes mesmo em bolha de sabão... Ah! Amigo! Isso é um verdadeiro sonho... E como você me convidou a buscar, eu levarei, e só lhe pergunto se posso postar como um presente seu, se puder, eu postarei com todo amor essa doçura que o seu coração nos repassou... Amigo, amo você! Carinhos... Bjsss

    ResponderExcluir
  9. Quando somos crianças queremos crescer e quando viramos adultos queremos voltar ao tempo que passou!
    Ser feliz é ser livre!

    ResponderExcluir
  10. Querido Diogo!

    Vim buscar o meu selinho lindo demais!
    Crescer dói e decididamente não quero sentir mais dor... volto a ser criança.
    Grata de coração.

    Bjsss

    Ah! já ia me esquecendo:
    Ser feliz é ser livre!

    ResponderExcluir
  11. Que lindo texto amigo...gostei demais. Super emocionante.

    Obrigadooooooooo.


    abraços

    ResponderExcluir
  12. Diogo, espero que tenhas mais tempo de se dedicar ao blog, hein?! ^^

    E sobre o presentinho não consegui achar :-/ hihi

    Mas agradeço! =D

    Bjão!

    ResponderExcluir
  13. adorei o texto!!!
    me demito com vc :)

    ResponderExcluir
  14. Perfeito !!!

    E digo logo.. Me Demiiito !!! =D

    ;*

    ResponderExcluir
  15. Ahh.. agora entendi... rsrs
    Tenho andado tão, tão... ^^

    Obg, Di!!

    já peguei!

    Bjão!

    ResponderExcluir
  16. seria tão bom poder desligar e regressar à doce infância

    ResponderExcluir
  17. Amado amigo, sei que não está aqui, mas vim te deixar carinhos mesmo assim, viu? Vem buscar... Meu querido, quanto ao texto, resolvi que em vez de postá-lo, eu iria enviá-lo por email aos amigos, e já estou fazendo isso, ok? Assim fica mais aconchegante e carinhoso! Adoro você menino adorável!!! Beijos mil pra ti.

    ResponderExcluir
  18. Oi Di,

    Lindo, acho que também quero voltar no tempo e me perder em aventuras e brincadeiras.

    Abraços

    ResponderExcluir
  19. Não sei se me posso demitir de ser adulta pois tenho contas para pagar, mas de certeza que me nego a deixar a minha criança interior morrer, e continuo a acreditar em fadas em gnomos e que em cada ser ainda mesmo que pareça perdido, todos temos o amor no coração
    beijos

    ResponderExcluir
  20. Adorei o texto, e percebo que não sou a única com esse sentimento. Lindo! adorei o blog! tudo de bom viu!bjusssss
    http://lojinhav.blogspot.com

    ResponderExcluir

recent posts

Comentários

Instagram