Insonoro.

16:51

insonoro, sem alarde, silêncio, língua, boca, lábios, ouvir, escutar, falar


Sem fazer alarde.
Sem identidade.
Chego e roubo o teu silêncio.
Corto a tua língua.
Silencio os teus lábios.
Não quero ouvir a suas lamentações.
Nem tão pouco os teus questionamentos.
Vou te privar.
Te tirar o direito de resposta.
Furtar teus argumentos.
Ceifar a tua fala.
Para que falar?
Agir é o elemento que nos rege.
Só a ação nos mantêm vivos.
Por isso te amarrei.
Amarrarei sua boca.
Enlacei os seus lábios.
Para não ouvir palavras vãs.
Para não escutar coisas insanas.
Quero apenas a sua respiração agora.
Consigo sentir o seu hálito nesse momento.
Sua voz quer sair.
Ela quer me dizer algo.
Mas eu prefiro manter-te assim.
Insonoro.
Vai ser melhor assim.
Vai ser melhor para nós dois.
Às vezes o silencio nos diz coisas profundas.
Coisas que as palavras não expressam.
O silêncio é mais vivo do que parece.

LEIA TAMBÉM

8 FELICIDADES

  1. ""(...) Deveria chamar-te claridade
    Pelo modo espontâneo
    Franco e aberto
    Com que encheste de cor o mundo escuro..."

    ...(Vinicius de Moraes)"


    Beijos perfumados prá voce!! M@ria

    ResponderExcluir
  2. Pois é...
    Muitas vezes o não dito fala mais alto!
    E tu o dizes de forma tão compassada que bem poderia se tornar letra de música esse teu texto!
    ;)

    Bonito poema, Diogo!
    E a música de fundo, inebria...

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Às vezes, a melhor resposta é o silêncio.

    Valeu pela presença lá no blog... :P

    ResponderExcluir
  4. Oi, gatinho!
    Tenho presentinho para você lá no Shapparu.
    Ah, e não é preciso cumprir tarefa nenhuma, está bem. Também não precisa aceitar, se não gostar.
    Ah, e adorei ter você nos outros blogues, REINO DE BAST e os outros.


    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Obrigado gente! fico feliz que vocês tenham gostado desse poema. Tenho tido muitas revelações poéticas. Algo que está aflorando dentro de mim. Não me considero POETA, nem tão pouco tenho pretenção de ser, mas quero sim trocar palavras poéticas que reflitam a minha visão literata do mundo!

    Bjoxxxxxxxxxxxxxxxxx a todos...

    ResponderExcluir
  6. esse poema é tão lindo que me deixou sem voz, INSONORO! parabéns pelo blog e pelo talento literário...

    ResponderExcluir

recent posts

Comentários

Instagram